Descubra como a administração e acompanhamento de obra feita por quem entende pode impactar no orçamento de uma reforma.

Aquele ditado popular de que o “boi só engorda aos olhos do dono”, também se aplica à reforma de um imóvel.

O acompanhamento dos trabalhos é fundamental para que tudo saia como o planejado, sem contratempos e, principalmente, dentro do orçamento.

Se você vai reformar ou construir, crie uma rotina de visitas ao canteiro para acompanhar as obras, ouvir os profissionais que estão trabalhando no local e encomendar os materiais solicitados. E, em caso de dúvida, não tenha vergonha de perguntar.

Porém, para muitas pessoas, o fato de visitar a obra diariamente pode se transformar em um transtorno, seja por falta de tempo, por desconhecimento técnico ou por pura preguiça.

Não importam os motivos, para todos esses casos, a melhor solução é a contratação de um bom arquiteto que, além de fazer o projeto de reforma, pode ser responsável pela execução e de todos os aspectos da obra.

Desde a fiscalização dos trabalhos executados à compra de materiais.

Como resultado imediato, haverá uma redução no desperdício de materiais e, consequentemente, uma economia de dinheiro.

E tenha certeza que economia gerada pelo uso racional dos materiais de construção, já pagam a presença do arquiteto durante a reforma.

Aliás, o Brasil é um dos “campeões mundiais” no que diz respeito ao desperdício de material de construção.

Especialistas calculam que, em alguns casos, isso pode chegar a 30% ou até 40% do total de materiais comprados para a obra.

Portanto, na reforma, não basta ter um bom projeto arquitetônico, mão de obra especializada se não houver a preocupação com o desperdício de material.

A reforma de um imóvel exige muito planejamento, inclusive o local onde o material será guardado e até o melhor momento de adquirir esses produtos.

Lembre-se que essa e outras dicas podem ser obtidas com a ajuda de um arquiteto!

Afinal, quem melhor conhece as necessidades do cliente e os detalhes da obra? É ele quem também pode diminuir custos e perda de tempo com reuniões e estudos para definição de detalhes e solução de problemas.